Codanorte realiza visita técnica na área em que será construída a Unidade de Triagem Mecanizada (UTM), em Januária


12 de julho de 2022


A equipe técnica do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário Para o Desenvolvimento Sustentável do Norte de Minas (Codanorte) realizou nesta sexta-feira (08) uma visita técnica no local que será construída a Unidade de Triagem Mecanizada (UTC), em Januária.

A gerente Departamento de Saneamento do Codanorte, Patrícia Mendes explica que esta é a primeira visita técnica para fazer alinhamentos sobre a construção da UTM no município. “O objetivo é realizar o reconhecimento do terreno que será construída a unidade. Passamos todo o dia colhendo informações para a elaboração do projeto”.

O engenheiro civil do Codanorte, Alvino Alkimim, comenta que a área será de no mínimo 10 hectares. “A construção terá em torno de 3.000m², com um galpão com área mínima de 1.000 m², e um pátio de compostagem de 2.000m²”, explicou.

 

Além da gerente do Departamento de Saneamento do Codanorte, Patrícia Mendes, e do engenheiro civil do Codanorte, Alvino Alkimim, estiveram presentes, a engenheira ambiental do Codanorte, Aline, o coordenador de planejamento do Codanorte, João Ribeiro, o secretário de meio ambiente de Januária, Aurélio Vilares, e a engenheira civil da prefeitura de Januária, Daiane.

 

Entenda sobre os recursos recebidos para a UTM

 

No mês de junho, o Codanorte assinou um Acordo com o Ministério do Meio Ambiente, que libera mais de R$ 30 milhões para a construção de três Usinas de Triagem Mecanizada de Resíduos Sólidos (UTM) no Norte de Minas, sendo uma em Januária, outra em Buritizeiro, e outra em Icaraí de Minas. Cada Unidade terá o custo de R$ 10.400.000 (Dez milhões e quatrocentos mil reais), valor que é proveniente de multas ambientais aplicadas pelo Ministério Público em relação a mineradora Vale.

“Esses equipamentos que serão adquiridos para a Usina Mecanizada promovem a separação dos materiais recicláveis e sua correta destinação, prezando pela inclusão socioprodutiva de catadores no processo”, disse o coordenador de planejamento do Codanorte, João Ribeiro.

A UTM de Januária vai receber os resíduos de Januária, Pedras de Maria da Cruz, Bonito de Minas, Cônego Marinho, Itacarambi, São João das Missões, Lontra e Japonvar. “Com essa construção, quase 150 mil pessoas serão beneficiadas nessas oito cidades. Isso significa que 143 toneladas/dia deixarão de ser descartadas na natureza de forma inadequada”, informou o prefeito de Francisco Dumont e presidente do Codanorte, Eduardo Rabelo.

 


Tags
Januária Usina de Triagem Mecanizada Codanorte